26.2.09

geração de energia por quebra-molas

esta eu achei genial.
o designer inglês peter hughes desenvoleu a geração de energia limpa com o uso de quebra-molas, o mecanismo consiste numa série de painéis fixos num pad que virtualmente flui no pavimento. com o tráfego sobre este mecanismo, os painéis sobem e descem, movendo uma engrenagem sob o asfalto, o movimento então liga um motor que produz a energia mecânica.

quebra-molas inglês, agora produzindo até energia elétrica

os quebra-molas serão utilizadas em londres em caráter experimental e apesar do alto custo (entre £20mil e £55mil, dependendo do tamanho) em relação a uma quebra-molas comum que custa £2 mil, a promessa é que este investimento seja compensado em um ano, uma vez que a produtividade deste aparato é de £1 a £3,6 de energia elétrica por hora (o que quer dizer 10-36kW) - o criador da idéia diz que 10 quebra-molas equivalem a uma turbina eólica.
a energia gerada serve para a iluminação das próprias ruas além de sinalizadores e mecanimos e qualquer excedente pode ser armazenada e utilizada na distribuição nacional de energia.

a idéia é bem inovadora e considerando a existência de uma casa noturna na holanda que usa a pista de dança para geração de parte da energia que o estabelecimento usa, o caminho natural parece ser o desenvolvimento de uma tecnologia eletro-cinética que utilize o andar dos pedestres para a geração de energia para iluminação pública.

via ecowordly

2 comentários:

welington disse...

Onde encontro informações procedentes sobre geração de energia por quebra-molas?

glenn makuta disse...

procurei no google pelor termos "bumps" e peter hughes e surgiram algumas coisas, dentre elas uma empresa que se chama new energy technologies. acho que esse link pode ajudar.
http://www.newenergytechnologiesinc.com/motionpower_auto