12.2.09

memorial do rio tietê

este fim de semana estive em salto, e tive a oportunidade de conhecer o memorial do rio tietê.
antes de mais nada a visão é fantástica! é possível ver a força daquele rio, que apesar de todos os maus-tratos, persiste.
o cheiro daquele lugar é inesquecível, confesso que é o cheiro mais esquisito que já senti na minha vida. uma sensação intensa de asco por saber que aquele ar vai entrar no seu corpo.
boa parte, provavelmente seja devido a eucatex, empresa do maluf.
apesar de ultimamente não se ter notícias de espumas que tomam a cidade devido à poluição do rio, ele continua sujo e fedido.
rio tietê "ataca" a cidade de salto com espumas - fonte

infelizmente estava sem minha câmera para mostrar uma imagem atual, mas no geral tem o cheiro mais esquisito do mundo, com vários lixos nas margens, sob a ponte pênsil. lixo que varia de garrafas pet e até bolas de futebol. é bastante chocante e triste ver tudo aquilo boiando.
mas esse tipo de sujeira é "de menos", apesar de esteticamente desagradável poderia ser resolvido com uma rede ou coisa do tipo que retivesse os objetos.
aquilo que é invisível aos olhos ainda é o mais nocivo e inacessível ao grande público, apenas ficamos sabendo que é inapropriado para consumo, mas uma coisa dessas não precisa ser dita por ninguém para sabermos.

a visita ao memorial vale por todos os aspectos, pela beleza do rio, pelo descaso que temos com os rios (não apenas o tietê) pela educação ambiental, pela vegetação no entorno e para sentir aquele cheiro asqueroso.

Um comentário:

ligia disse...

dessa vez, mais fora do contexto que o verde, é o marrom da água... é muito estranho ver aquela paisagem de mata, de pedras, de correnteza, ter aquela cor e aquele cheiro indescritível... o dia estava cinza e chuvoso, mas num dia de sol, aquilo fica ainda mais estranho.

dá muita tristeza!! dá vergonha de ser humano...