12.11.15

Sobre o fim do defeso em Cananéia/SP

Pra mim parece uma estratégia esquizofrênica do tipo: Já que as mudanças climáticas vão acabar com toda a vida marinha, porque esperar até lá se podemos acelerar o processo? Ou já que vai acontecer mesmo, vamos explorar o máximo que der, e a gente pensa se existem consequências depois.

O desconto de futuro que já foi uma característica interessante do comportamento pra aptidão de nossa espécie agora se torna um problema.

[O que vai ser da ostra de Cananeia sem defeso? Desde o mês de Outubro uma ameaça grave assombra peixes e frutos do mar no País. A pretexto de reduzir os gastos com o seguro-defeso para os pescadores (que custa um salário mínimo por mês por pessoa), o Governo Federal suspendeu o defeso em algumas áreas para determinadas espécies. Ou seja, liberou a pesca mesmo em época de reprodução, quando os peixes devem ser protegidos. O governo argumenta que precisa fazer o recadastramento dos pescadores para evitar fraudes.]

Leia sobre o fim do defeso pra pesca em Cananéia/SP no blógue do Paladar

Nenhum comentário: